História

A Ameibs nasceu logo no início da minha missão na Bolívia, no ano de 2001, era um momento muito difícil, eu vendo muita necessidade naquele país, queria fazer algo a mais por aquele povo, foi quando conheci uma senhora  chamada branca dias, ela já era  idosa porém leprosa, que já tinha aceitado a jesus na juventude, ela  era assistida por freiras  americanas que tinham um domínio muito grande na Bolívia, porém aquela senhora tinha sido visitada por um grupo da missão novas tribos e brasil e ganhado uma bíblia a qual leu muitas vezes, ela decidiu servi a jesus, eu então passei a visitá-la e reconheci o batismo dela que foi na juventude e dei a comunhão pra ela, as freiras descobriram que aquela senhora estava sendo acompanhada por um pastor no caso eu, então as freiras a abandonaram, certo dia aquela senhora foi levada por vizinhos em um carrinho de mão com a perna apodrecida, fiquei tratando dela por dois dias e ficou insuportável o mau cheiro, então a levei pro hospital onde tudo era pago, remédios, injeções e uma cirurgia seria muito caro, mas busquei ajuda no brasil e consegui internara-la  e pagar a cirurgia daquela senhora, sua perna foi amputada ela com poucas chances de vida saiu da cirurgia cantando corinhos, voltei com ela para Jorochito, continue cuidando dela junto com a igreja, e vendo a grande necessidade dos idosos, comendo cascas de batatas, sem ter lenha pra cozinhar, sem ter quem cuidasse, faltando tudo, eu abri um refeitório que se chamava Luz e Esperança, atendendo os idosos, que vinha até a mim em busca de comida e cuidados, e os próprios idosos me chamavam de Bom Samaritano, fizeram versos e poesias ao bom samaritano. Foi então que decidi mudar o nome do refeitório para o bom samaritano. Tudo isso a 17 anos atrás, assim nasceu a Ameibs.

Sede e combi da Ameibs
Sede e combi da Ameibs